Imprimir Compartilhar
Meningite meningocócica e meningococcemia

Você sabia?

A meningite meningocócica e a meningococcemia podem inicialmente parecer apenas uma gripe.

O que é meningite?

A meningite é uma infecção das meninges, que são o revestimento em torno do cérebro e da medula espinhal.

A doença pode causar febre alta, dores de cabeça e rigidez do pescoço. Em crianças pequenas, porém, esses sintomas podem ser difíceis de detectar, e podem ocorrer sintomas como sonolência excessiva, irritabilidade, vômitos e recusa de alimentação.1

Os dois tipos mais comuns de meningite são a bacteriana e a viral1:

  • A meningite bacteriana pode causar risco de morte e é uma emergência médica
  • A meningite viral raramente é fatal. Na maioria dos casos, o paciente se recupera em 7 a 10 dias

Como os sintomas das meningites viral e bacteriana são bastante semelhantes, procure atendimento médico imediatamente se achar que você ou seu filho podem estar com meningite.

O que são meningite meningocócica e meningococcemia?

A meningite meningocócica e a meningococcemia são infecções raras, porém graves, causadas pela bactéria Neisseria meningitidis, também chamada meningococo. A meningite meningocócica é uma infecção das meninges (revestimento do cérebro e da medula espinhal), e a meningococcemia é uma infecção generalizada. Ambas infecções são consideradas emergências médicas.

Além de causar doenças, o meningococo é encontrado (sem causar doença) no nariz e na garganta de 10% a 25% da população.2 Quem carrega a bactéria nessas regiões é chamado "portador assintomático". A maioria dos portadores não adoece, mas pode transmitir essa infecção potencialmente fatal a outras pessoas através de secreções respiratórias , da saliva expelida ao tossir e espirrar, ou outras formas de contato próximo.3

Quais os efeitos da meningite meningocócica e da meningococcemia?

A meningite meningocócica e a meningococcemia são doenças que progridem rápido. Embora os primeiros sintomas pareçam com os de uma gripe, elas podem matar em 24 a 48 horas após as primeiras manifestações.2

A meningite meningocócica e a meningococcemia podem ser difíceis de identificar, e às vezes são diagnosticadas tarde demais. Mesmo com tratamento adequado, cerca de 1 em 10 pessoas com meningite meningocócica ou meningococcemia morre.4 E os pacientes que sobrevivem podem sofrer consequências graves, como por exemplo5,6:

  • Perda de braços ou pernas
  • Perda de audição
  • Lesão cerebral